Com dois gols de Deyverson, Palmeiras faz 3 a 0 no Vitória fora de casa

Deyverson deixou de ser criticado para se transformar em herói no Palmeiras.

Deyverson deixou de ser criticado para se transformar em herói no Palmeiras. Uma semana depois de fazer o gol decisivo sobre o Vasco, neste domingo (19), ele foi além, ao comandar os 3 a 0 sobre o Vitória, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. O atacante marcou duas vezes e facilitou a tarefa da formação mista do Palmeiras, que aproveitou a fraqueza da pior defesa da competição para construir um resultado tranquilo.

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 33 pontos, enquanto o Vitória segue estacionado nos 19 pontos, na 17ª colocação, dentro da zona de rebaixamento.

A nova camisa três do Palmeiras parece ter se tornado um amuleto para Deyverson. Pelo segundo jogo o time usou o terceiro uniforme e pela segunda vez o atacante marcou. Contra o Vasco, no domingo passado, ele fez um e desta vez contra o Vitória, ele foi além e deixou dois. Antes de ter marcado por essas duas apresentações seguidas, Deyverson não havia anotado por competições oficiais em 2018.

A busca do Palmeiras para voltar a vencer fora de casa pelo Campeonato Brasileiro encontrou um elemento facilitador em Salvador. O Vitória passou a semana em reformulação pela chegada do técnico Paulo César Carpegiani e demonstrou uma formação desorganizada. Com espaços para criar e novamente com estabilidade na defesa, a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari dominou o jogo.

Dudu aberto pela esquerda, Hyoran na direita e Lucas Lima centralizado iam ao ataque com tranquilidade e sem marcação. A partida também se tornou mais fácil pois o primeiro gol veio cedo. Marcos Rocha ajeitou de cabeça para Deyverson chutar no canto de Ronaldo e abrir o placar, aos dez minutos. Com vantagem e tranquilidade, o Palmeiras se firmou no Barradão.

Apesar de o Vitória conseguir assustar em algumas tentativas com Neilton, era pouco para atrapalhar o time alviverde. Ainda mais porque Deyverson (antes tão criticado pela torcida) estava em tarde especial. Aos 28 minutos, o escanteio de Dudu acabou na cabeçada firme do atacante para ampliar. Ainda houve uma grande chance para fazer o terceiro, mas o goleiro evitou.

O domínio possibilitou ao Palmeiras controlar o jogo no segundo tempo. O Vitória insistia no ataque, porém era atrapalhado pela própria limitação. Chutes tortos, investidas com passes errados e a defesa desorganizada mantinham os adversários confortáveis para trocarem passes dentro da área, como foi no lance do terceiro gol, feito por Dudu, aos 13 minutos da etapa final.

O resultado positivo serviu para a equipe descansar alguns titulares. Felipe Melo, Edu Dracena e Willian sequer viajaram para Salvador. No fim, Felipão viu o time perder várias boas chances e ainda por testar variações táticas, como a colocação de Diogo Barbosa como ponta. O Palmeiras ainda chegou a sete jogos seguidos sem levar gol.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA 0 x 3 PALMEIRAS

VITÓRIA – Ronaldo; Jeferson, Aderllan, Ruan Renato e Benítez; Rodrigo Andrade, Ramon e Yago (André Lima); Neílton (Yago), Erick (Lucas Fernandes) e Walter Bou (Wallyson). Técnico: Paulo César Carpegini

PALMEIRAS – Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gómez e Victor Luís; Thiago Santos, Bruno Henrique (Moisés) e Lucas Lima; Hyoran, Dudu (Diogo Barbosa) e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOLS – Deyverson, aos 10 e aos 28 minutos do primeiro tempo. Dudu, aos 13 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Bruno Henrique, Rodrigo Andrade, Neilton.

ÁRBITRO – Rodrigo Raposo (DF).

RENDA – R$ 375.746,00.

PÚBLICO – 19.100 pagantes.

LOCAL – Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Fonte: Estadão Conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esconder