Assaltos a comércios sofrem queda significativa em Foz e Toledo

Enquanto na fronteira o número de roubos caiu 65%, em Toledo a queda foi de 73,7%

O número de assaltos em estabelecimentos comerciais sofreram quedas significativas em Foz do Iguaçu e Toledo, duas das principais cidades da região Oeste do Paraná, no primeiro trimestre. Enquanto na fronteira o número de roubos caiu 65%, em Toledo a queda foi de 73,7%.

Os números constam em relatório apresentado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, comparando os três primeiros meses de 2018 com o mesmo período do ano passado.

“O fator decisivo foi a integração de forças, inclusive com a Guarda Municipal, e a resposta rápida da polícia. A qualidade dos inquéritos aumenta o potencial para que os suspeitos sejam punidos e tenha queda nos índices de modo significativo”, afirmou o delegado-chefe da 6ª SDP (Subdivisão Policia) de Foz do Iguaçu, Rogério Antônio Lopes.

O delegado-chefe da 20ª SDP de Toledo, Antônio Donizete Botelho, explica que houve a modernização de equipamentos do setor de inteligência, o que potencializou o trabalho das forças policiais.

Além disso, a queda no número de ocorrências contra o patrimônio comercial é atrelado a outros fatores como o comprometimento do efetivo no combate ao crime. “Houve a massificação das investigações com a PM e a Guarda Municipal na área central da cidade de Toledo. São ações ininterruptas e o resultado foi essa redução drástica no número de crimes, o que beneficia toda a população”, afirma.

Fonte: CATVE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esconder