Falsos Agentes de Endemias aplicam golpe em Céu Azul

O golpe já fez pelo menos uma vítima na cidade.

A Secretaria de Saúde de Céu Azul está alertando a população quanto a um golpe que já fez pelo menos uma vítima na cidade.

Os golpistas se passaram por Agentes de Endemias. Com boa aparência e papo fácil, duas mulheres e um homem envolveram um casal de idosos furtando-lhes cartão do banco e de aposentadoria.

Na abordagem os golpistas falaram que em razão de um surto de dengue, o lote da vítima precisava ser vistoriado e medido. Enquanto uma golpista, de trato afável, fazia exames de rotina no senhor, próprios das agentes de saúde, aferindo a pressão, teste de glicemia e até usando uma lanterna para examinar os olhos, outros dois golpistas se ocuparam com a senhora na vistoria do terreno.

O golpe se consumou quando os golpistas pediram o cartão do SUS e notaram onde as vítimas guardavam os cartões. Um deles [golpista] foi até este local, onde estavam os documentos, enquanto o outro entretinha a senhora e subtraiu os cartões, objeto do desejo do criminosos. Os cartões furtados foram substituídos por outros cartões iguais, mesmo banco, só que em nome de outras pessoas, possivelmente vítimas de golpes anteriores.

Os golpistas agem com tremenda desenvoltura, demonstrando que a ação é muito bem planejada. Quando a senhora falou o nome da agente que costumeiramente lhes atendia, uma das criminosas disse que conhecia e era amiga da agente. Outro cuidado dos golpistas foi o de inutilizar o celular das vítimas, que entregou o aparelho de boa-fé, após ser solicitado. Com isso a vítima demorou para falar com uma filha, já que não conseguia fazer a ligação com o aparelho danificado, até uma vizinha emprestar o telefone.

Após tomar conhecimento da história, a filha descobriu que os pais tinham caído no golpe. No caso em tela, já não havia mais tempo de proteger a conta de saques, pois os golpistas haviam feito 3 saques de R$ 1.500,00 da conta bancária e mais um de R$ 500,00 da aposentadoria, provocando um prejuízo de R$ 5.000,00. Os saques foram feitos em numa agência bancária na Cidade de Medianeira.

RECOMENDAÇÃO

A secretária de Saúde Silvia Franceschini, lembra que as Agentes de Saúde e Agentes de Endemias em Céu Azul, trabalham uniformizados e com crachá. Geralmente são os mesmos profissionais, conhecidos da população atendida. Na dúvida, se uma o mais pessoas, estranhas, sem identificação e uniforme, tentar adentrar na residência, desconfie e entre em contato o mais rápido possível com Secretaria de Saúde ou autoridade policial.

Fonte: CATVE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esconder