Idoso de 77 anos é vítima de estelionatários e perde R$ 20 mil

A Polícia Civil orienta à população à não deixar seu familiares idosos transitarem sozinhos em momentos em que eles queiram fazer movimentações financeiras.

Um idoso de 77 anos, morador de São Miguel do Iguaçu foi vítima de estelionatários e perdeu cerca de R$ 20 mil na quinta-feira (10).

De acordo com a Polícia Civil, o idoso teria ido ao banco para sacar sua aposentadoria, e por ter chegado à agencia bancária antes do horário de abertura, teria ficado andando pelo centro, quando foi interpelado por um indivíduo que se disse ser morador de Céu Azul, e que precisava de ajuda para sacar um prêmio de loteria e estava sem documentos pois sua casa havia pegado fogo.

Enquanto o suposto ganhador do prêmio conversava com o idoso, um segundo indivíduo se aproximou, vestido com jaleco e sapatos brancos, apresentando-se como médico, e perguntou o que estava acontecendo ali.

Em dado momento o suposto médico questionou o idoso se ele vinha tomando bastante água, por conta do calor e da necessidade em se ingerir líquidos em decorrência da idade avançada, e ofereceu ao mesmo uma garrafa com água, que o mesmo acabou ingerindo parcialmente.

Durante a conversa dos estelionatários com o idoso, o suposto médico disse que eles poderiam ajudar o outro homem a conseguir sacar o seu prêmio da loteria, e já atordoado e sob efeito da droga dada à ele na água, o idoso relatou que tinha conta no banco e os cartões e documentos necessários para movimentação estariam em sua residência.

Ainda conforme a Policia Civil, todos então teriam embarcado em um veículo Sedan e se dirigiram até a casa do idoso, onde o mesmo pegou os cartões e documentos e retornaram à agência bancária.

Já no banco, eles acabaram sacando certa quantia em dinheiro, dentro do limite diário disponível para saque, e como viram que havia mais dinheiro na conta, se dirigiram à Foz do Iguaçu com a vítima, onde realizaram mais saques em várias agências.

Durante a tentativa de um saque, o banco acabou bloqueando a movimentação na conta, momento em que os estelionatários abandonaram o idoso no local.

Os funcionários do banco logo perceberam que a vítima havia caído em um golpe e entraram em contato com os familiares do mesmo.

A Polícia Civil orienta à população à não deixar seu familiares idosos transitarem sozinhos em momentos em que eles queiram fazer movimentações financeiras, e principalmente, orientá-los à não aceitar ajuda de estranhos e nem aceitar ou ingerir nenhum tipo de líquido oferecido por pessoas que não são de confiança.

Fonte: Guia Medianeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esconder