“Queremos que os responsáveis sejam punidos”, desabafa irmão de do empresário Renan que foi baleado por marginais

“Enquanto isso, os bandidos que fizeram essa crueldade, andam, correm e gargalham livres pelas ruas da cidade, planejando e cometendo novos crimes”, comento o irmão de Renan.

Rafael Alexandre Schroder, irmão do empresário rondonense Renan Francisco Schroder de 25 anos que foi baleado no dia 22 de Janeiro, escreveu nesta segunda-feira (12), um desabafo veja:

“Hoje completa três semanas da tentativa de assalto que assombrou nossa família, hoje é o aniversário da minha mãe, vai passar junto com Renan no hospital.

“Estamos despedaçados e nos sentindo impotentes diante de tanto sofrimento. Meu irmão continua na Uti, ligado a uma maquina e empurra oxigênio pra dentro do seu pulmão para pode sobreviver, deitado numa cama sem sequer conseguir secar suas próprias lagrimas.

Enquanto isso, os bandidos que fizeram essa crueldade, andam, correm e gargalham livres pelas ruas da cidade, planejando e cometendo novos crimes. Com os meus pais, é a oitava vez que acontece um crime de arrombamento ou assalto, quantos mais ainda podem acontecer?

“Nossa família chega em casa todas as noites com medo, presos no próprio lar, com muros altos, cerca elétrica, grades nas janelas e mesmo assim sentindo-se inseguros, desfazendo-se dos próprios bens conquistados com tanto trabalho ao longo de um a vida inteira, para poder dormir um pouquinho mais tranqüilos.

Meus pais iniciam suas jornadas de trabalho as 7h30 da manhã, encerram seus expedientes depois das 11:00 da noite, todos os dias do ano, incluindo sábados, domingos e feriados, para conquistar seus sonhos e poder ter uma aposentadoria confortável um dia. Mas do que adianta trabalhar duro, ser honesto num país medíocre, corrupto, onde o bandido só tem direitos e vive livre, e o cidadão de bem vive preso dentro de casa e com medo o tempo todo”.

Nós, queremos externar nosso descontentamento diante da crise de segurança que afeta nosso país, e principalmente nossa cidade. Tal situação gera falta de liberdade na população, visto que nos sentimos ameaçados todos os dias. Percebemos a falta de limites por parte dos criminosos, pois sabem que nenhuma punição severa será aplicada a eles. Sendo assim, tendem a influenciar outros bandidos a criminalidade e o desrespeito à integridade física e moral dos cidadãos.

“Renan tem 25 anos, empresário desde os 21, filho exemplar , querido e elogiado por todos amigos e clientes, prestativo e proativo. Não tem inimigos, não faz inimizades, pois sempre estava com um sorriso no rosto e com as mãos prontas para ajudar ao próximo.  Corre o risco hoje de ter que ficar ligado a uma maquina o resto da vida, sem conseguir se mexer, sem conseguir respirar  sozinho, teve seus sonhos interrompidos por marginais inconseqüentes”.

“Queremos que os responsáveis sejam punidos e que a estratégia de segurança da cidade seja revista, independente das limitações de recursos, acreditamos que o poder público não apenas pode, mas tem o dever de dar uma resposta concreta para esta situação”.

“ Queremos ter a certeza de que casos como esses possam ser evitados e que a violência possa ser combatida com ações concretas, sistemáticas, de longo prazo, e que envolvam um processo contínuo de diálogo com a sociedade”.

#ForçaRenan.

Informações sobre o quadro de saúde do empresário rondonense Renan:

Segundo as últimas informações, repassadas na noite do domingo (11), Renan, não tem sinais de movimentos nem de respiração sem a máquina. As notícias dos médicos não são nada favoráveis com relação a ele se movimentar ou respirar sem os aparelhos, infelizmente não se tem mais muitos recursos pra ele aqui. “Oremos para que a medicina de Deus devolva seus movimentos”, relatou o irmão.

Está fazendo febre, e não sabem o porque a temperatura dele sempre sobe, ta muito agitado, pede toda hora pra ir pra casa, dor de cabeça, tem muita sede, e a água que ele pode beber se limita a pequeninos pedaços de gelo.

“Passamos o dia todo juntos, hora comigo, hora com minha mãe, liberaram uma pessoa para passar o dia junto com ele. Abri o face dele, mostrei seu whats e também vídeos que alguns amigos fizeram pra ele. Ele se emocionou muito, chorou e sorriu ao mesmo tempo. Foi difícil não chorar junto com ele, ainda mais quando pedia para mim secar suas lágrimas, coisa e ele não consegue mais fazer sozinho.

As visitas no hospital ainda são bem limitadas, guardem elas para quando o Renan estiver em casa, informou os familiares.

A batalha dele é difícil, mas ele é um guerreiro, quer muito viver, vir pra casa e rever os amigos.

Continuemos mandando forças e rezando, para que a vontade de Deus prevalece, e que Deus queira que ele volte mexer seus braços e pernas.

Fé em Deus, por que Ele não deixa um milagre pela metade.

#ForçaRenan.

 

Até o momento, os três elementos suspeitos não foram presos pela Policia, investigadores da Policia Civil continuam investigando o caso.

A nossa Equipe do Site Marechal News, acompanha este triste fato desde o inicio e também clama por justiça, que estes elementos sejam presos em breve e na torcida da recuperação do empresário rondonense Renan.

Fonte: Marechal News

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esconder