Suspeito de amarrar família em assalto morre em confronto com a polícia

Criminoso estava com o carro da família no momento que cruzou com a viatura.

O suspeito de ter amarrado uma família durante o assalto a residência morreu na noite de quinta-feira (10) durante confronto com os policiais do Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), que pertence ao Bope (Batalhão de Operações Especiais) em São José dos Pinhais.

Segundo informações, a viatura realizava patrulhamento pela região do Bairro Colônia Rio Grande quando o Ford Ka passou por eles. Através da placa foi identificado o furto da residência em Fazenda Rio Grande, que a família foi amarrada.

Então a equipe realizou o acompanhamento tático, e mesmo com sinais sonoros para que ele parasse, o condutor desobedeceu o fugiu.

No cruzamento da Rua Joaquim Ferreira das Fores com a Avenida Diomira Moro Zen o homem perdeu o controle e quase bateu o carro. Em seguida, sozinho no veículo, disparou contra os policiais, que revidaram.

Ele foi atingido e morreu ainda no local. O assalto em Fazenda Rio Grande ocorreu horas antes, na tarde de ontem. A jovem de 24 anos que chegava em casa foi rendida e amarrada com uma idosa enferma de 90 anos e duas crianças em um dos cômodos da casa.

Os bandidos levaram aparelhos eletrônicos, instrumentos musicais, e dinheiro. Não há informações sobre o paradeiro dos outros envolvidos no asalto.

O veículo e o revólver calibre 38 do criminoso foram entregues à Polícia Civil, que investiga o caso. O corpo do homem foi recolhido ao IML (Instituto Médico Legal) e permanece sem identificação oficial.

Foto: Banda B.

Fonte: CATVE/Banda B

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Esconder